Sunday, March 15, 2015

Atentados à mobilidade pedonal na Parede


Chegado por e-mail:

«Ex.mos Senhores Comandantes das Esquadras da Parede e Carvavelos


Habito na Parede. Os meus filhos estão a atingir a idade em que deveriam começar a circular sozinhos e a pé, nomeadamente para a escola.

Devido aos excessos de velocidade, aos maus percursos pedonais e ao permanente estacionamento nos passeios, porém, tenho muito receio de os deixar andar sozinhos.

Todos os dias encontro centenas (e são mesmo centenas) de carros estacionados nos passeios das freguesias de Carcavelos e Parede, muitos dos quais nos obrigam a caminhar pela estrada (e quando circulo com carro de bebé, ainda é pior). Porém, acho que nunca vi - ou se vi, terá sido tão raro que francamente não me lembro, - nenhum carro multado. Deste modo, uma grande parte dos automobilistas consideram que, se é possível estacionar nos passeios, então eles fazem-no.

Com frequência peço colocação de pilaretes à Câmara. Estes pilaretes só são necessários devido à falta de civismo dos cidadãos, numa primeira análise, e depois à falta de fiscalização da PSP, na falta do primeiro. Com frequência, porém,a Câmara responde-me que me queixe à entidade responsável pela fiscalização.

Gostaria de saber porque razão a PSP não multa (ou mesmo reboca) as centenas de carros que estão constantemente nos passeios destas localidades, tal como prevê a lei e julgo que fará parte da missão da Polícia.

Muito obrigado pela atenção

Melhores cumprimentos»

Leitor identificado

Saturday, March 14, 2015

"Tubarões" fazem hotel, casas e uma clínica à entrada de Cascais

Noticia vinculada pelo Jornal Diário de Noticias de hoje parece ser este o projecto para o antigo espaço do Hotel Nau.

 
"Miguel Ribeiro Ferreira e Tim Vieira, do programa da SIC Radical Lago dos Tubarões, vão recuperar espaço do antigo Hotel Nau
 
Os empresários Miguel Ribeiro Ferreira e Tim Vieira, agora conhecidos por serem dois dos investidores do programa da SIC Radical Lago dos Tubarões, vão recuperar os terrenos do antigo Hotel Nau, junto ao largo da estação de comboios de Cascais. Um espaço devoluto que estava para ser reabilitado, mas que se viu embrulhado em revogações de licenças, falências e processos judiciais já desde 2007.
O projeto, que foi apresentado à população de Cascais na quinta-feira à noite, chama-se Edifício Dom Pedro I e vai incluir um hotel, apartamentos, uma cervejaria e ainda uma clínica de saúde"