Monday, August 27, 2007

Chegado por email:

«Ciclistas criminosos

Amigos

Já deve ser do conhecimento de todos, mas se não é, este email serve para divulgar o facto.

Oeiras e Cascais, consideram os ciclistas marginais. Proibiram-se as bicicletas nos passeios junto ao mar e colocaram-se polícias a patrulhar as zonas para “deter” estes marginais. Passam-se multas, apreendem-se bicicletas, e, pior que tudo, cria-se uma mentalidade que avalia o ciclista como um marginal, incumpridor das leis. O slogan de Oeiras é “Oeiras Marca o Ritmo”. É esse o ritmo que queremos? Penso que não.

Enquanto as autoridades dedicam atenção aos ciclistas ignoram as centenas de condutores que estacionam em redor das praia em zonas que obrigam os peões a circular pela estrada. Parece-me que as Câmaras de Oeiras e Cascais promovem um sentimento de impunidade aos condutores e o resultado é o estacionamento vândalo típico da costa portuguesa.

Elaborei um artigo que enviei para algumas entidades. Foi já mencionado no jornal O SOL de dia 18 de Agosto de 2007 e está publicado no site da FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLOTURISMO E UTILIZADORES DE BICICLETA e pode ser consultado em http://www.fpcub.pt/portal/index.php?option=com_content&task=view&id=138&Itemid=2. Estão também no site alguns desenhos para T-Shirts que gostaria de começar a divulgar.

Quero alertar para este problema e incentivar as pessoas a mexerem-se. Escrevam para as câmaras, queixem-se no livro amarelo. Imprimam a carta e reenviem-na. Se quiserem ajudar a criar um melhor ambiente para nós e nossos filhos, ajudem e façam um abaixo assinado que depois poderemos juntar aos que já tenho para fazermos pressão ás autoridades, alertando que as bicicletas são uma solução para alguns problemas e não um problema em si. Brevemente as pessoas preocupadas com o ambiente serão tantas que a proibição de bicicletas será um suicídio político.

Divulguem e ajudem

Cumprimentos a todos

Tiago Andrade Santos»

4 comments:

Jorge Dinis said...

Gostaria de publicar este artigo no meu site e fazer a divulgação do mesmo, posso usar o documento que o Sr. Tiago Santos elaborou ? segue o meu e-mail
noticias@cascaisnet.com

Obrigado

Paulo Ferrero said...

Julgo que ele não se vai importar. De qq forma, poderá contactá-lo para: Tiago Andrade Santos email: s4th@netcabo.pt

maria amorim morais said...

Caro Tiago Andrade Santos,

Os ciclistas não são certamente criminosos, mas há-de convir que a postura de alguns deixa bastante a desejar. Sou frequentadora regular quer do paredão de Cascais, quer do passeio marítimo de Oeiras, e já muitas vezes vi utilizadores de bicicleta a circular a velocidades inaceitáveis, em particular em curvas (algumas sem visibilidade, o que é notório em Oeiras, junto à piscina do Inatel e no arranque de Santo Amaro). O mesmo poderia dizer da prática de skate e de patins-em-linha, onde nem sempre o civismo impera. Julgo que há lugar para todos se todos, sem excepção, se respeitarem mutuamente.

Bici Activismo said...

Massa Critica - Sexta-feira, 28 de Setembro

Aveiro
18h00
Ponte Praça

Coimbra
18h00
Largo da Portagem

Lisboa
18h00
Marquês de Pombal

Em Lisboa faremos a Massa Crítica dos Executivos, para mostrar que a bicicleta não serve apenas para lazer ou para desporto (obrigando a calção de Lycra, camisola colorida e mala xpto), mas também é um meio de transporte que pode e deve ser usado por qualquer pessoa em qualquer ocasião.

Veste o teu casaco, calças e camisa, saia ou vestido.
Calça o teu sapato de escritório, sandália ou sapato alto.
Vem pedalar.

Porto
18h00
Praça dos Leões

O que é a Massa Crítica?
A Massa Crítica (Critical Mass) é um evento que ocorre tradicionalmente na última sexta-feira do mês em muitas cidades pelo mundo, onde ciclistas, skaters, patinadores e outras pessoas com veículos movidos à propulsão humana, ocupam seu espaço nas ruas. No Brasil e em Portugal, há um movimento ciclista inspirado na Massa Crítica, chamado Bicicletada. Os principais objectivos da Bicicletada são divulgar a bicicleta como um meio de transporte, criar condições favoráveis para o uso deste veículo e tornar mais ecológicos e sustentáveis os sistemas de transporte de pessoas, principalmente no meio urbano.

Mais informações:
www.massacriticapt.net

“Anda de bicicleta todos os dias, festeja uma vez por mês”