Sunday, April 26, 2009

Ponto negro


A última rotunda da Av. D. Nuno Álvares Pereira, Estoril, de quem desce vindo da auto-estrada, é palco de despistes e colisões com enorme frequência. Aos sábados à noite o prédio que se vê na foto já foi alvo de três colisões no espaço de um ano. A última, que ocorreu ontem, foi quinze dias depois de o muro ser reconstruido após outra colisão! Note-se que, de cada vez que há um embate destes, os contadores de gás do prédio são todos arrancados... Obviamente que é preciso assinalar e iluminar melhor o local, para além de medidas de redução de velocidade.

Cem metros mais abaixo e em sentido contrário, também aos sábados à noite, há inúmeros despistes de carros que fazem a curva em excesso de velocidade e se espetam no passeio, fazendo em seguida várias carambolas, batendo em carros e árvores que estão por perto. Ou melhor, estavam; a Câmara de Cascais eliminou agora os três canteiros e desistiu de ali ter árvores.

7 comments:

Teresa said...

Passei ontem neste local e o meu 1º pensamento foi para o exagero de excesso de velocidade em que deveria ir o condutor. Não julgo que melhor iluminação ou afastamento dos contadores resultem em menos acidentes.

Anonymous said...

LOBO VILLA 28-4-09
Teresa:(anterior comentário),minha senhora: o excesso de velocidade que refere é geralmente "mentira".
As rotundas é que são perigosissimas !

Não estou a ver o local,mas conheço bem as ROTUNDAS e a CMC...

As rotundas são, em particular e em Portugal, uma paranóia dos autarcas (a paranóia da "obra feita") que tornou Portugal o país com mais rotundas por habitante,da União Europeia (Cavaco disse-o antes de ser PR...).
Quanto aos canteiros e árvores é mais que sabido que a CMC só precisava de mais este pretexto para as eliminar (as árvores sobretudo ! ; todas as CM´s deste país odeiam as árvores !! Porque dão "despesa" e nehum "lucro"!!!...).
90 % das rotundas deste país são "obra feita" dos autarcas e absolutamente desnecessárias e PERIGOSAS para a circulação !!!
Teresa ,pense nisto : hoje há mais excesso de rotundas do que de velocidade...

Teresa said...

E ainda não viu nada! E aquela rotunda fantástica junto à BP, antes da "rotunda do Guincho"??? Diga la se não é resultado de apurado estudo de tráfico em Cascais?
Pois fique sabendo que a implementação de rotundas foi uma norma do PS, já lá vão alguns anos...

Teresa said...

E que o PSD entendeu por bem seguir numa base de entendimento e cooperação partidárias

Gonçalo said...

A este propósito, achei interessante trazer aqui um estudo de Ana Maria Bastos (especialista em engenharia de tráfego da Universidade de Coimbra) sobre o dimensionamento das rotundas. Acho que através dele se consegue facilmente concluir que o problema não são as rotundas em si mas a forma como são construídas.
https://webserv.dec.uc.pt/weboncampus/getFile.do?tipo=2&id=3290

Cumprimentos

jdinis said...
This comment has been removed by the author.
Jorge Dinis said...

Sr. Gonçalo muito bom o ficheiro que deixou aqui, pode ser que certas pessoas entendam o bom funcionamento das rotundas e metam de parte os partidos, claro que certas pessoas não querem rotundas, preferiam tudo a direito como não sabem as regras de trânsito tem dificuldade em saber quem tem prioridade ou não e como entrar numa rotunda, provavelmente a carta deve ter saído nos pacotes farinha como brinde.