Saturday, April 19, 2008

Outra vez?



Fissuras, fracturas, assentamentos, crateras de pequena e (algumas delas) já de média dimensão. Ao longo do Paredão, alvo de obras há não muito tempo, começam a ser visíveis novas deformações do pavimento aqui e ali. O que vem acontecendo ciclicamente sem que nenhuma intervenção efectivamente o resolva. Má qualidade dos materiais? Erros de execução de obra? Problemas no subsolo? É certo que o Paredão está exposto a condições extremas e à circulação de milhares de pessoas mês após mês, mas não é normal que volte a deteriorar-se assim em espaços de tempo cada vez mais curtos.

3 comments:

Canelas said...

Mentira.....? é da exessiva passagen de bicicletas!...

J.N.Barbosa said...

Desde a construção deste novo pavimento que venho aqui chamando a atenção para a má qualidade das lages, que não aguentam a acção corrosiva da água do mar e para a acção destrutiva das viaturas de todo o tipo que circulam sobre aquele pavimento. A pedra antiga nunca abateu. Mexeram, estragaram...

António said...

É só ver o paredão de Oeiras e copiar.

- É barato;
- é durável;
- fácil de manter;
- muito cómodo.