Monday, January 28, 2008

Cascais põe em marcha Museu Paula Rego

In Público (28/1/2008)
Luís Filipe Sebastião


«Novo Museu da História de Cascais vai reunir acervo do actual Museu do Mar Rei D. Carlos e património que estava previsto mostrar num futuro museu de arqueologia

A construção da Casa das Histórias e Desenhos Paula Rego arranca hoje na vila de Cascais com a consignação da empreitada, adjudicada pela autarquia por cerca de 3,9 milhões de euros. Nas imediações, a câmara conta arrancar, em meados do próximo ano, com o novo Museu da História de Cascais, que juntará o espólio municipal de arqueologia e do Museu do Mar.
Segundo uma fonte próxima do presidente da autarquia, António Capucho, no acto de consignação da obra da casa-museu de Paula Rego devem estar presentes os três filhos da pintora, ausente por causa da preparação de uma nova exposição em Washington. O novo espaço museológico terá como principal núcleo expositivo as pinturas e gravuras de Paula Rego e de Victor Willing, falecido marido da artista. Entre o valioso acervo doado ao município, por aquela que é uma das mais importantes artistas da pintura figurativa contemporânea, encontra-se uma rara tapeçaria que tem por base a obra Alcácer Quibir.
O projecto do arquitecto Eduardo Souto de Moura, que se caracteriza por vários volumes arquitectónicos de escalas e formas distintas, a construir junto ao actual Museu do Mar, terá cerca de 750 metros quadrados para áreas de exposição permanente e temporária, auditório para 200 pessoas, cafetaria, biblioteca e livraria e espaços técnicos, depósitos e oficina de restauro. As fachadas em betão pigmentado a vermelho dissimulam-se por entre o arvoredo.
A construção deverá ficar concluída no final do corrente ano. A fase de montagem dos conteúdos estima-se que leve cerca de quatro meses, prevendo-se que a inauguração decorra ainda durante o primeiro semestre de 2009.
Arqueologia e o mar
Em meados do próximo ano, a câmara espera também arrancar com a obra do novo Museu da História de Cascais, no terreno do demolido pavilhão do Dramático. O projecto de Carlos Bessa prevê um edifício que, como nota o arquitecto, "procura dialogar com o Parque Marechal Carmona". O novo museu, com uma área de 1200 m2 de exposição, terá dois pisos acima do solo e uma cave, para depósitos e estacionamento. A cafetaria dará apoio ao museu e ao parque. O estacionamento, salienta o autor do projecto, permitirá dar resposta à "pressão na zona da Parada" prevista pelos visitantes dos novos espaços , nomeadamente da Casa das Histórias e Desenhos Paula Rego, no lado oposto da Av. da República.
O Museu da História de Cascais vai expor o importante acervo arqueológico municipal e o espólio do actual Museu do Mar Rei D. Carlos, actualmente a funcionar no antigo edifício do Sporting Club de Cascais. A existência de uma ligação entre os dois acervos, através dos artefactos de arqueologia subaquática que integram o museu marítimo, vão permitir, de acordo com Carlos Bessa, "não contar só a história através da arqueologia e do mar, mas também de personagens ligadas à vila". O próprio rei D. Carlos I, monarca que criou no Palácio da Cidadela o primeiro laboratório de Biologia Marinha no país, poderá ver-se representado num espaço do novo museu, pelo seu contributo no desenvolvimento da vila piscatória.
O projecto de execução do novo Museu da História de Cascais - que substituirá a projectada construção de um museu de arqueologia na Cidadela - deverá ficar concluído até ao final deste ano, para um investimento previsto de cinco milhões de euros. »

4 comments:

Anonymous said...

OUvi há muito pouco tempo que Portugal tem já estruturas museológicas a mais, e em cascais constroem se Museus? E lares da terceira idade? E creches?

Anonymous said...

Os autarcas são todos iguais.Para eles cultura é deixar "obra feita",sejam rotundas,ou repuxos,ou túneis, ou museus...Cultura,para eles são museus.è por isso que há milhares de museus inúteis e ao bandono,em Portugal.Veja-se a recente polémica do MNAA...
Lares da terceira idade?Este país,da "esquerda moderna" não é para velhos.

Lobo Villa

A Mesa de Luz said...

Estou em pulgas para ver o início da construção. Julguei que o Museu Paula Rego seria no terreno do Dramático. Obrigada pela informação! Cumprimentos, Ana.

Anonymous said...

LOL? É a paula rego por amor de deus. Ela nasceu em portugal, achas
mesmo que nao vale apena um museu dela em cascais ?