Wednesday, January 02, 2008

Entregue petição "Queremos um novo Estoril-Sol amigo da Marginal"


Exmo. Sr. Dr. António d'Orey Capucho,
Presidente da Câmara Municipal de Cascais


Conforme oportunamente anunciado, comprometemo-nos a encerrar a petição "Queremos um novo Estoril-Sol amigo da Marginal" no dia em que o último piso do hotel Estoril-Sol fosse demolido.

Assim, junto remetemos a V.Exa. e demais Vereação a referida petição que contém 1459 assinaturas de cidadãos nacionais e estrangeiros cujo gosto por Cascais não se caduna, obviamente, com o projecto aprovado pela CMC para aquele local.

Não concordam, também, os signatários com a forma como o processo do dito "plano de pormenor" se desenvolveu (o embargo do MP à obra, cremos, é sinal disso mesmo), o que poderá V.Exa. comprovar lendo os comentários feitos a esse respeito no texto em anexo.

Esperamos, sinceramente, que o que ali vier a ser construído não agrida o Parque Palmela, e que não se traduza numa pesada herança para as gerações actuais e vindouras que terão que com ele conviver e decidir o futuro, muito provavelmente o mesmo porque passou o Hotel Estoril-Sol, a sua demolição.

Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos com os melhores cumprimentos

Paulo Ferrero, Maria Amorim Morais, António Cristóvão, João Nuno Barbosa, Ricardo S.Reis dos Santos e Fernando Boaventura

7 comments:

Antonio said...

Eu assinei esta Petição,ainda sem comentários...Assinei-a convencido de que chegaríamos aos 5.000,a tempo da Assembleia,de uma discussão pelos partidos.Mas não.Não dá votos,pelo contrário,retira-os.A lógica prevalecente é a da especulação global.Tal como este projecto do novo Estoril-Sol.Os partidos estão calados,tal como o Governo e as Ordens dos Arquitectos,dos Engenheiros,dos Paisagistas e etc.

blogo_logo existo said...

António! Andaste distraído durante a campanha das autárquicas? Eu até vi "outdoors" com a denúncia deste caso...

Paulo Ferrero said...

Deixo aqui o aviso de recepção do Sr. Presidente ao nosso envio de petição, bem como a nossa resposta:

«Em 04/01/08, António Capucho presidencia@cm-cascais.pt escreveu:
- Ocultar texto das mensagens anteriores -
Acuso a recepção da petição relacionada com o ex- Estoril Sol e para já permito-me apenas corrigir uma afirmação e lamentar uma omissão.
Assim, a afirmação de que a obra estará embargada pelo MP não tem qualquer fundamento. Nunca tal sucedeu.
O texto da petição e do e-mail agora recebidos são omissos quanto aos aspectos essenciais do Plano de Pormenor e do Projecto, nomeadamente o facto de se reduzir a área de construção anterior em mais de 1/3 e em tudo o que respeita ao tratamento da envolvente, incluindo o Parque Palmela.
Com os melhores cumprimentos,
António d´Orey Capucho
Praça 5 de Outubro
2754-501 Cascais
tel. 214825217 - fax 214863295
www.cm-cascais.pt
presidencia@cm-cascais.pt
»

e

«Ex.mo Sr. Dr. António d'Orey Capucho
Obrigado pelo aviso de recepção da petição, de que já dei conhecimento a todos os subscritores da missiva de anteontem.
Obrigado pelos esclarecimentos, mas permita-me recordar-lhe que o que veio a público foi que o Ministério Público mandara para julgamento o caso Estoril-Sol, por "violação de condição modal de venda de terreno do Parque Pamela pela CMC a José Teodoro dos Santos".
Sobre a redução em mais de 1/3 da construção PP final, julgo que é um pormenor que pode significar muito em termos publicitários mas que pouco vale face à enormidade do projecto de GByrne, o que se comprova pelas suas declarações no debate da OA, em Lisboa, onde disse que o que ali devia ser feito era nada. Sintomático. Se quer a minha opinião, Dr. Capucho, acho que já há "casino a mais" em Cascais. Mas essa é a minha opinião, claro, só isso.
Melhores cumprimentos e votos de BOM 2008
Paulo Ferrero
»

Antonio said...

O que está vir ao de cima,é o ESCÂNDALO da alienação do Parque Palmela,que era -e é !- um parque público da Vila de Cascais(foi doado pelo Duque de Palmela á Vila!)e que foi cedido em parte, em nome do "turismo" nacional,e que agora é mais alienado ainda,na parte "pública" da piscina,com mais uma torre de 15 pisos.Aos poucos,o parque público torna-se privado.E o escândalo não se fica por aqui:pior que tudo é "transformar" uma torre de 25 pisos ilegais,em 45 pisos "legais",alegando que se reduziu a área de construção anterior em 1/3!!.Pior que a "porosidade" mental do Arq Byrne e da indigência matemática do
Dr.Capucho,é tomarem-nos por parvos.Os vossos filhos os julgarão-já que a justiça não-mas a culpa,não irá morrer solteira,desta vez.

Antonio said...

Tenho muito gosto em comentar tudo em favor de Cascais.
Mas se os meus comentários têem um ícone de balde do lixo,em baixo,e podem ser apagados á vontade e os outros não,fico-me já por aqui.Mas tenho pena.Aguardo uma explicação,que agradeço.

Paulo Ferrero said...

???

Garanto-lhe que os seus comentários não serão apagados.

O caixote do lixo só é visionado ao autor do comentário e ... a quem gere o blogue, e aí só há apagões quando é mesmo, mesmo, evidente que estão a mais.

Fique descansado.

Anonymous said...

OLÁ,ESCREVO PARA QUEM GERE OS AMIGOS DO PARADÃO DO ESTORIL(PRAIA DA POÇA)DEVIAM TER VERGONHA,PELO QUE FAZEM,PROCARIA DOS CÃES ETC....POIS NEM UM POUCO DE PREOCUPAÇÃO PARA A LIMPEZA ,SÓ FACHADA UM MÊS POR ANO (AGOSTO)INSTALADOS NA JUNTA DE FREGUESIA SEM PAGAREM RENDA,COMPLETAMENTE DE BORLA DEVIAM TER RESPEITO PELOS QUE PAGAM,ENFIM AQUEM NÓS ESTAMOS ENTREGUES.