Tuesday, September 23, 2008

A CMC não aprende! Montrose, Parte II?



















Este chalet e jardim, supostamente de Raul Lino (ou do irmão...), num beco junto à Mimosa, no Monte Estoril, está, ao que parece, em operação de loteamento, já em promoção comercial, e envolverá, claro, a destruição de jardim e vivenda. A ser verdade, será um CRIME URBANÍSTICO, mais um a juntar ao da Vila Montrose. Parece, portanto, que tudo continua como dantes. Nada a fazer?

12 comments:

Anonymous said...

continuamos nisto perdemos tempo... falamos, indignamo-nos, zangamo-nos, e continua a mesma coisa... fica tudo horrorizado, e a seguir voltam a fazer a mesma coisa...e depois fica tudo outra vez escandalizado...a CMC no concelho todo volta a fazer a mesma coisa e continua tudo na mesma. Sempre na mesma, e de mansinho levam a agua ao seu moinho.
Já viram as obras atrás do pão de açucar? querem apostar que numa noite vao demolir as casas todas?
e a seguir voltamos aqui e despejamos o saco outra vez...Já agora onde está o candidato do PS? será o judice?

Joe Bernard said...

Repito o que disse em relação ao Raio Verde:

2ª feira há Assembleia Municipal. Porque é que não vão lá perguntar???
É raríssimo aparecer por lá alguém a fazer perguntas ao executivo camarário.
Mandar bocas por aqui, é muito fácil... mas enfrentar o executivo no lugar onde deve ser enfrentado, parece que provoca mais receios!!!

Anonymous said...

Vivo no Monte-Estoril há cerca de sessenta e dois anos e posso afirmar que este edifício se apresenta sem ocupação e exposto a todo o tipo de vandalismos, há pelo menos trinta. Por eventual desleixo, ou outra circunstância que desconheço mas na qual não tem necessariamente de residir a má-fé, o proprietário não quis, ou não foi capaz, de evitar a degradação que as imagens tão bem documentam. A questão que se coloca é a seguinte: se o proprietário descurou a defesa do seu activo patrimonial o que podemos nós fazer enquanto cidadãos incomodados com a situação? Ocupar o terreno e o edifício? Actuar individualmente ou em colectivo e accionar a via judicial? Invocando que direitos? Culturais? Patrimoniais? De higiene e salubridade pública? Subjectivos? Ou obrigar a autarquia a expropriar a propriedade e a executar coercivamente as caríssimas obras de reabilitação? E com que dinheiro? O dos impostos? Esse, já se sabe que não chega nem para as mais elementares obrigações a que o estado está constitucionalmente obrigado, quanto mais para ir em socorro de todos edifícios doentes. Aliás, com a confusão que por aí anda acerca do património, só para o concelho de Cascais seriam precisos vinte orçamentos de Estado para reabilitar tudo o que tem algum significado cultural ou histórico.
A resposta está em exigir políticas de planeamento e desenvolvimento urbano ajustadas à realidade do mundo económico, cultural e cívico em que vivemos. Essa exigência obriga-nos a todos à organização, à definição de objectivos claros, à cidadania. e à inteligência esclarecida e competente. Em suma: ao TRABALHO. Enquanto assim não for andaremos numa roda-viva de denúncias de novos e espectaculares crimes urbanísticos. E de bodes expiatórios que tanto podem ser os Judas, os Capuchos, os Carreiras,* ou o próximo que ainda está para vir.



• Verdade seja dita este até é um dos que trabalha. Infelizmente ao pé do António qualquer lebre parece um cágado.

Anonymous said...

LOBO VILLA 26-9-08
Estes três comentários anteriores são um "tratado de sociologia" á portuguesa !
O 1º anónimo e o 2º Joe,não valorizam nem acreditam nos Bloggs(neste p. ex.).
O 3º anónimo,um idoso bastante perdido,faz perguntas á toa,algumas ingénuas mas sobretudo absurdas,como p.ex. "actuar individualmente ou em colectivo...?". E afirma ainda : "A resposta está em exigir políticas de planeamente e de desenvolvimento urbano...",como se tais não existissem !!!
Os Judas ,os Capuchos e os Carreiras a quem desculpa,(coitados!),por serem os pobres "bodes expiatórios",são eles mesmo os CULPADOS EM QUEM NÓS CONFIÁMOS E VOTÁMOS.
Sr 3º anónimo,identifique-se ! JÀ
BASTA DE CONFUSÃO E CORRUPÇÃO !!!
Sabia que há um Plano para o Monte Estoril que está a ser furado por estes senhores ?
Planos há-os para todo o país,não há hoje um metro quadrado que não esteja planeado...mas até a REN vai começar a ser desplaneada pelas auraquias.
Vivemos na era do "anti-plano".
Sirva-se deste blogg sff !

Anonymous said...

LOBO VILLA 27-9-08

Publiquei há dias um comentário sobre este assunto .
Gostaria de saber porque não aparece.
Obrigado.

Anonymous said...

o lobo villa tambem é uma pessoa que sabe do que fala deve trabalhar na CMC porque é que não denuncia estas situações no ministerio da admnistração interna? denuncie apresente provas...se digo que este blog é uma fonte de lamurias porque depois não há seguimento.

Anonymous said...

Este Lobo Villa é impagável
Não quer ser lobo… mas veste-lhe a pele.

À força de tanta vez se autonomear denunciador- mor de casos gritantes de corrupção, sem que por uma única vez tenha apresentado um caso concreto susceptível de ser investigado, este Sr. faz lembrar a história do lobo e do pequeno pastor à procura de protagonismo. Infelizmente aqui a história aqui é mais grave porque mina os alicerces da democracia e lança sobre TUDO E TODOS o estigma da indignidade e da falta de seriedade.

Às questões que coloquei acerca da necessidade de novas politicas de desenvolvimento urbano ajustadas aos desafios de um mundo tão cheio de certezas, mas a derrocar continuamente, não acrescentou uma única palavra ou indiciou um mínimo de reflexão séria e inteligente sobre a matéria. Ou seja : AO QUE ERA ESSENCIAL, RESPONDEU: NADA.

Não vou perder mais do que um minuto consigo. No entanto, sempre lhe deixo a pergunta: Julga que somos todos parvos e que ainda não percebemos que por detrás de tanta indignação e dente afiado para a denúncia e a suspeição de corrupção está um borreguinho manso muito provavelmente implicado no que de mais grave se passou no concelho?. Veja-se o seu empenho nalgumas matérias que por aqui passam. Veja-se o tom cirúrgico e sempre rico de informação e detalhes acerca de assuntos “quentes” a que mais ninguém tem acesso. È muito certeiro o comentador anterior que diz desconfiar que o Sr. pertence à “máquina”.


Há quem julgue que uma mentira dita mil vezes passa a ser verdade.

Para mim uma mentira dita mil vezes não passa de baba. Pela imensa torrente de baba que lhe corre da boca o sr. Lobo Villa não merece o espaço de opinião que tão generosamente o blogue coloca à sua disposição.
Bem que podia desamparar a loja durante uns tempos que ninguém daria pela sua ausência. O tempo é escasso e não devia ser perdido com quem apena contribui para tornar a blogosfera cinica e estúpida.

PS.
Não vale a pena responder ..
Tenho mais que fazer e. além do mais, dilatar-lhe o ego é passatempo desaconselhado á minha idade.

Anonymous said...

LOBO VILLA 30-9-08

Ao 2º anterior anónimo direi simplesmente ,que não denunciei nada.
Absolutamente nada.
(Mas gostaria muito de o poder fazer e,se o pudesse ,não o faria aqui...)
Ao provocador gratuito e último anónimo,direi apenas que "sou lobo e visto-lhe a pele",enquanto estou neste blogg a criticar o ataque da CMC ao Monte-Estoril-que é o tema em causa-,mas não faço a mínima idéia do que está a falar ,no seu imenso arrazoado...
Mas há uma ou duas "bocas" suas absolutamente exequeráveis,que não deixo passar:
1ª- "...mino os alicerces da democracia...";
2º-"...não merece o espaço de opinião que tão generosamente o blogue coloca á sua disposição..."
Que baboseiras !!
Estava eu aqui, a falar do Monte -Estoril,calmamente, e apanho com cada um ...Que pachorra !
E afinal o Plano de Pormenor do Monte-Estoril... que aqui está em causa ,sr anónimo (da CMC ?) não está a ser FURADO?
Este Chalet e este jardim,de cuja defesa aqui se fala,minam a democracia ?
Não merecem este blogue ??

Anonymous said...

Já por diversas vezes foi aqui referida a existência de um Plano de Pormenor para o Monte-Estoril. O ano passado procurei consultar o Plano na Câmara de Cascais e ninguem me soube informar.
Vou voltar a insistir na consulta desse documento visto que andam a congeminar mais um atentado ptrimonial que desta vez passa pela demolição de um edificio emblemático do Monte-Estoril, Para minha orientação peço ao Lobo Villa o favor de me indicar os objectivos, o conteudo material e documental, e a quem coube a responsabilidade da elaboração,acompanhamento, participação e concertação entre as partes interessadas. Se não for possivel menos indique-me apenas as datas da discussão publica e da aprovação em Assembleia Municipal ou simplesmente a data da publicação em Diario da Republica do Plano para o Monte Estoril.

Maria João Trindade

Anonymous said...

sou o 1 anonimo e continuo a dizer que trabalha na CMC e que é cobarde a não denunciar as situações que conhece.Sei tb que era o fim da sua vida privada...portanto não fale mais nem diga disparates sobre os outros. O que é feito do jornalismo de investigação desta terra?

Anonymous said...

LOBO VILLA 1-10-08
Dª Maria João Trindade,eu sou apenas mais um cascalense indignado com a destruição do meu património e lamento não ter aqui á mão as informações que me pede,mas já as consultei aqui neste útil blogg,há tempos.Na CMC vão entretê-la,para chegar á conclusão que estes Planos estão em "revisão" ,permanente,ou seja nunca "existem",permanentemente.
Mas há aqui "links" como o "Projecto de Reabilitação...do Monte Estoril"(AMME,2002),onde,em 5.3-Ordenamento...se refere o PDM como de "total desconhecimento e desinteresse pela sua requalificação..."(do Monte-Est.).
No " Blog Archive" encontrará a discussâo do PP,alguns meses atrás,talvez o Sr Paulo Ferrero,deste Blogg, a possa esclarecer melhor (cidadaniacsc@gmail.com),cumprimentando-a.

Anonymous said...

Não tem à mão porque simplesmente não existe. O que há é um esboço de intervenção para o Monte-Estoril ao que parece realizado por uma comissão de moradores. Esse estudo pode ser muito meritório e honesto, mas não tem qualquer valor legal uma vez que não se conforma com o regime dos planos de ordenamento do território a que a CMC e os particulares são obrigados.

Maria João Trindade
Cumps